Facebook

Uma entrada diferente

ALTA GASTRONOMIA OU GASTRONOMIA EM ALTA ?



A cada dia eu descubro que para ter na mesa um prato de alta gastronomia não é necessário ingredientes caros, nem técnicas apuradíssimas, instrumentos do outro mundo ou mesmo aquele dom de artista que muitos tem. É necessário vontade, acima de tudo.
Em uma reunião com amigos Chefs, tarimbados e experientes, você acaba pegando umas dicas aqui, outras lá e ao final muita coisa você descobre, muitas no susto.
A Paella, um prato tradicional da culinária espanhola, é de confecção simples, desde que se respeite algumas regras como ingredientes de boa qualidade e frescos e o tempo.
O tempo na culinária é fundamental e saber fazer o seu uso é que faz um profissional se diferenciar de um amador. Sabe lá o que é fazer chegar à mesa 8 pratos diferentes, com ingredientes de tempos diferentes e todos ao mesmo tempo?
Porém hoje vou escrever algo que você pode fazer em sua casa e que pertence à culinária francesa e é de uma simplicidade





Enroladinhos de Aspargos e Presunto Parma:



Abra a massa folhada (encontrada em quase todos mercados).
Corte em quadradinhos de mais ou menos 8cm por 8cm e coloque sobre ela uma fatia, cortada de uns 7 cm de presunto cru. ou o famoso e saboroso Parma.
Pegue um aspargo e corte a parte superior dele, um pouco menos que 8 cm e disponha em cima do presunto cru.
A disposição deve ser como se estivesse vendo o quadrado de massa folheada como um balão.
Dobre a parte de baixo para dentro, fazendo o mesmo com as laterais.
Com um pincel culinário, passe gema de ovos sobre esse "tapa" e coloque-o em uma forma, que não precisa se untada. Se for de Teflon, melhor ainda.

Leve ao forno em torno de 160º a 180º e deixe até dourarem. pronto, é só retirar e dispor em uma travessa e servir.
Delicioso, sofisticado e que arrancará elogios tanto do mais simples ao mais sofisticado de seus convidados.

2 comentários:

  1. Só em ver já abriu o apetite hehehe!

    ResponderExcluir
  2. Ei Ripp,
    Teu blog esta delicioso!!!!
    Beijo,
    Sônia

    ResponderExcluir